sábado, 4 de janeiro de 2014

Concessionárias de energia terão de ressarcir danos a consumidores


Argentina

DAS AGÊNCIAS DE NOTÍCIAS -
 O ministro do Planejamento da Argentina, Julio De Vido, anunciou ontem que as empresas de energia da região de Buenos Aires terão de ressarcir os usuários residenciais devido aos apagões ocorridos na semana passada.
Num discurso com pesadas críticas às empresas Edenor e Edesur, ele disse que consumidores domésticos que ficaram sem luz por um período de 12 a 24 horas receberão 490 pesos (R$ 178). Os que tiveram corte de fornecimento por um período de 24 a 48 horas receberão 760 pesos (R$ 275). Usuários que ficaram mais de dois dias sem luz receberão 870 pesos (R$ 315).
O valor representará cerca de 221 milhões de pesos (R$ 80 milhões) para a Edesur e cerca de 77 milhões de pesos (R$ 28 milhões) para a Edenor.
As duas empresas também sofrerão sanções regulatórias, a serem pagas ao Estado.
A Edesur pagará 17,8 milhões de pesos (R$ 6,5 milhões), e a Edenor, 8 milhões (R$ 2,9 milhões).

Nenhum comentário: