quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Presidente Morales rompe contrato com empresas do Brasil

BOLÍVIA

DAS AGÊNCIAS DE NOTÍCIAS - O presidente da Bolívia, Evo Morales, anunciou ontem a rescisão de um contrato com o consórcio Brabol, de nacionalidades brasileira e boliviana, para a construção de uma rodovia.
A estrada deve ligar as cidades de La Paz e Oruro.
O consórcio -formado pelas construtoras brasileiras Petra e Santa Cruz Engenharia e pela boliviana Nubro- era responsável pela construção de 77 dos 203 quilômetros da rodovia.
O governo da Bolívia diz que o consórcio não cumpriu regras do contrato.
Há menos de dez dias, Morales havia decidido manter o contrato com a brasileira OAS para fazer outra rodovia, cuja construção desencadeou protestos indígenas no país.

Nenhum comentário: