domingo, 16 de outubro de 2011

De véu, muçulmana é impedida de fazer prova do Detran

DE SÃO PAULO

Uma muçulmana foi impedida ontem de fazer uma prova do Detran em São Bernardo do Campo, no ABC paulista, por se negar a retirar seu véu -usado por mulheres islâmicas por motivo religioso.
A dona de casa Ahlam Abdul El Saifi, 29, teve seu exame para renovar a CNH bloqueado, chamou a PM e registrou queixa na delegacia. "Houve discriminação religiosa", protestou Jihad Hassan Hammadeh, xeque da União Nacional das Entidades Islâmicas no Brasil. O caso ocorreu às 8h30 no CFC (Centro de Formação de Condutores) São Bernardo.
Ahlam, cuja foto da CNH foi tirada de véu, estava no meio da prova teórica, diante do computador, quando foi informada pela autoescola que precisaria tirar seu véu.
O CFC diz que a ordem foi dada pelo provedor responsável por monitorar os exames do Detran (que são vigiados por câmeras na sala). Como não é permitido fazer prova com boné e gorro, por atrapalhar a identificação, a alegação era que a regra também valeria para véu.
O Detran diz que repudia qualquer preconceito, que não houve orientação do órgão para proibir o véu e que tomará medidas administrativas cabíveis.
(ALENCAR IZIDORO) 

Nenhum comentário: