terça-feira, 5 de julho de 2011

Artigo no "Financial Times" aponta risco de crise de crédito no Brasil

INADIMPLÊNCIA

DE SÃO PAULO - O jornal "Financial Times" voltou ontem a apontar riscos de crise de crédito no Brasil.
Um artigo assinado por dois gestores de fundos de investimento, Paul Marshall e Amit Rajpal, destaca o forte crescimento do endividamento e da inadimplência entre os brasileiros em 2011 mesmo no cenário de expansão do emprego.
Eles calculam que a classe média brasileira compromete hoje metade da renda com pagamento de dívida. Para eles, uma piora do cenário econômico pode elevar ainda mais o calote, provocando o colapso do crescimento do país.
Em artigo publicado em fevereiro, Marshall chegou a dizer que a situação brasileira é similar à dos Estados Unidos em 2008, ano em que explodiu a crise financeira americana.
O economista da Nomura Tony Volpon concorda que a alta do endividamento reduzirá a expansão econômica, mas ele não vê risco de bolha de crédito ou crise financeira.
Volpon observa que os juros muito baixos nos EUA estimularam o endividamento excessivo dos americanos, que refinanciaram suas dívidas diversas vezes. "Não existe risco aqui, onde os juros são altos."
Na semana passada, a revista "The Economist" também apontou riscos na expansão do crédito no Brasil. Em relatórios recentes, o FMI e o Banco Internacional de Compensações (BIS) manifestaram preocupação semelhante. Desde dezembro, o Banco Central vem adotando medidas para reduzir a expansão do crédito.

Nenhum comentário: