domingo, 5 de junho de 2011

Humala quer adesão do país ao Mercosul

DA ENVIADA A LIMA

Se vencer a eleição, Ollanta Humala cogita fazer do Peru parte do Mercosul. Em entrevista à Folha, ele não se mostra muito entusiasmado com a participação do país no recém-criado bloco que o une a México, Chile e Colômbia, espécie de contraponto ideológico ao Mercosul.



Folha - Há mais de 200 focos de conflitos hoje no Peru. Podem prejudicar projetos de integração com o Brasil?
Ollanta Humala -
Os conflitos efetivamente ameaçam uma série de projetos. Nós temos que incentivar os investimentos, mas também temos de respeitar a voz das comunidades. Para nós, a estabilidade política deve estar baseada no capital, nas comunidades e no Estado. E não como defende nossa opositora, somente no capital e no Estado. Excluir as comunidades produziu conflitos como o Baguazo [protesto de índios contra projeto de exploração de petróleo na Amazônia que deixou 34 mortos].

Projetos brasileiros de hidroelétricas na Amazônia peruana são bons?
Os projetos serão bons para o Peru desde que respeitem o meio ambiente e tenham sido aprovados em consultas populares. Nós precisamos nos integrar com o Brasil, e a eletricidade é muito importante.

O sr. pretende criar imposto sobre os ganhos extras das mineradoras quando os minérios sobem de preço?
Sim, impostos sobre os ganhos adicionais da mineração vão ajudar a resolver os conflitos sociais. Com eles, vamos investir em obras que beneficiam as comunidades. Isso vai aumentar a confiança das populações locais nesses projetos, porque muitas vezes a oposição das comunidades não é apenas por causa dos danos ao meio ambiente, mas também porque a exploração não traz melhoras tangíveis às suas vidas.

O Peru acaba de assinar um acordo de integração com Chile, Colômbia e México.O sr. vai mantê-lo?
Nós vamos respeitar os tratados que foram assinados, estejamos de acordo ou não. Mas obviamente os interesses nacionais determinam que esteja aberta a porta para a negociação e a revisão de tratados.

O Peru pensa em entrar no Mercosul?
Sim. Seria interessante participar do Mercosul. É interesse do Estado peruano ser um sócio estratégico do Brasil. Como disse Lula, não pode haver países ricos com vizinhos pobres. Queremos ser sócios do Brasil, com igualdade e reciprocidade.

Nenhum comentário: