segunda-feira, 13 de junho de 2011

Chernobyl e Fukushima

Enquanto o mundo segue acompanhando, tenso, o combate às consequências do acidente de março em Fukushima, no Japão, é oportuno lembrar que há um quarto de século se conseguia estancar, após nove dias de esforços extraordinários, o escape maciço de radioatividade do reator de Chernobyl (URSS), acidentado em 26 de abril de 1986.


WITOLD LIPECK

Publicado n' O Estado de São Paulo, 13/06/2011
 
Leia a reportagem completa: clique aqui

Nenhum comentário: