domingo, 15 de maio de 2011

Soluções árabes para problemas sírios

Após ter apoiado a criação de uma zona de exclusão aérea na Líbia, membros árabes da ONU voltam às práticas tradicionais e protegem a Síria da pressão internacional

COLUM
LYNCH
FOREIGN POLICY

Os levantes populares que varreram o Norte da África e o Oriente Médio subverteram a ordem política na região, mas essas mudanças ainda não chegaram aos representantes diplomáticos do mundo árabe nas Nações Unidas. Em março, os Estados Unidos e as potências européias pressionaram pela aprovação de uma resolução do Conselho de Segurança autorizando uma intervenção militar na Líbia. Mas China, Índia, Paquistão e outros defensores do princípio da soberania nacional conseguiram desde essa ocasião recuperar seu poder de influência, ajudando a bloquear as subsequentes iniciativas ocidentais prevendo a condenação da repressão violenta contra manifestantes desarmados na Síria e no Iêmen.

Baixe e leia a reportagem completa: clique aqui

Nenhum comentário: