terça-feira, 10 de maio de 2011

Governo pratica autoritarismo sobre o Araguaia

Para desembargadora, enquanto houver pessoas desaparecidas, governo
civil será tão autoritário quanto regime militar.

Leonencio Nossa / BRASÍLIA

A desembargadora Solange Salgado, da Justiça Federal, completa em junho oito anos de uma batalha sem trégua para abrir os arquivos oficiais sobre a guerrilha do Araguaia e localizar os túmulos dos guerrilheiros. De 2003 para cá, a Advocacia Geral da União recorreu três vezes da sentença e os presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff chancelaram a versão do Ministério da Defesa de que os arquivos do Cenimar, CIE (atual Ciex) e Cisa – órgãos de inteligência das três forças – incineraram os documentos.

Estadão, 10/05/2011

Baixe e leia a reportagem completa: clique aqui.

Nenhum comentário: