terça-feira, 10 de maio de 2011

Cuba estuda facilitar vendas de veículos e viagens ao exterior

Diretrizes para mudanças econômicas foram divulgadas ontem
DA REUTERS

Cuba divulgou ontem diretrizes para as reformas econômicas aprovadas pelo Partido Comunista. Elas incluem propostas para a venda de casas e carros e mudanças que poderiam facilitar as viagens de cubanos ao exterior.
As diretrizes, aprovadas em um congresso do partido no mês passado, não revelam detalhes das propostas nem quando serão colocadas em prática.
As 313 diretrizes reafirmam as reformas econômicas e sociais que o ditador Raúl Castro afirma serem cruciais para reanimar a economia do país.
As propostas encorajam a iniciativa privada e a redução das dimensões e do papel do Estado, mas preservam o planejamento central e proíbem o acúmulo de propriedade privada.
Os cubanos fizeram fila nas bancas de jornais para comprar os panfletos que contêm as diretrizes, ao preço de três pesos (R$ 0,19).
"As reformas continuam a criar muita incerteza na população, porque trazem muitas mudanças", disse Olivia Breto, 23, funcionária de uma rádio estatal.

CÂMBIO
As diretrizes também estabelecem o objetivo de combinar as duas moedas cubanas: o peso CUC, ou conversível, e o peso doméstico, a moeda na qual os cubanos recebem seus salários.
Mas a convergência cambial não acontecerá logo. Segundo as diretrizes, o processo necessitará de "preparação e execução rigorosa".

Nenhum comentário: