terça-feira, 10 de maio de 2011

A arma do sucesso chinês: boa educação

Na última reunião do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (26/4/2011),a presidente Dilma Rousseff anunciou a criação de 75 mil bolsas de estudo no exterior até 2014, o que dá uma média de 18,7 mil por ano. Trata-se de excelente notícia, especialmente se essas bolsas se concentrarem nas áreas de ciências exatas, que são estratégicas para o desenvolvimento do Brasil.

Estadão, 10/05/2011

Baixe e leia a reportagem completa: clique aqui

Nenhum comentário: