quarta-feira, 4 de maio de 2011

A Al-Qaeda ainda é forte sem Bin Laden

Apesar da morte do terrorista saudita, células da rede herdaram seus ensinamentos e EUA devem evitar repetir erros aprendidos no Iraque.
DAVEED E.
SGARTENSTEIN-ROSS
FOREIGN POLICY
A morte de Osama bin Laden é um golpe significativo para a Al-Qaeda. Nos comentários que se seguirão a sua morte, muitos concordarão com a curiosa proclamação do analista Peter Bergen na rede CNN no domingo à noite. Para ele, isso marca o fim da guerra ao terror. Mas, na verdade, a morte de Bin Laden não encerra esse capítulo da história.
Leia a reportagem completa: clique aqui

Nenhum comentário: