quinta-feira, 14 de abril de 2011

Lei antivéu suscita ameaças terroristas na internet, diz site

FRANÇA
DA REUTERS - A entrada em vigor na França, na segunda, da lei que proíbe o uso dos véus muçulmanos que encobrem o rosto motivou extremistas islâmicos a convocarem ataques contra o país, segundo um site de monitoramento de grupos terroristas baseado nos EUA.
Participantes de grupos de discussão on-line de acesso limitado a convidados convocaram nos últimos dias a Al Qaeda do Norte da África a "deter" a França, afirmou o SITE.
"Declarem guerra contra os cruzados da França"; "A França, com essa ação, atraiu destruição contra si própria"; e "Sarkozy, deixe nossas irmãs em paz ou nós seremos realmente obrigados a cumprir a nossa palavra", foram algumas das ameaças postadas.
Embora mensagens em sites não signifiquem um risco real de atentados, especialistas dizem que algumas ações terroristas foram originadas a partir de fóruns na internet.
Desde segunda, mulheres que portarem a burca ou o niqab estão sujeitas a multas de R$ 340 ou então a frequentar aulas de cidadania francesa.
Folha de São Paulo, 14/11/2011

Nenhum comentário: