quarta-feira, 27 de abril de 2011

China diz que construirá estação espacial em 10 anos

Ida à Lua em 2025 também está nos planos da potência comunista, anunciou agência estatal chinesa Xinhua

GIULIANA MIRANDA
DE SÃO PAULO

Menos de uma década após levar o primeiro taikonauta (como são chamados os astronautas chineses) ao espaço, a China anunciou um ambicioso plano de construir uma estação espacial.
O projeto, divulgado anteontem, deve ficar pronto em cerca de dez anos.
Com aproximadamente 60 toneladas, a nova estação será bem menor que a ISS (Estação Espacial Internacional), que tem 419 toneladas, e que a já desativada Mir, construída pela Rússia, que tinha 137 toneladas.
Segundo a agência de notícias estatal da China, a Xinhua, a nave será composta de um módulo principal e de dois anexos, projetados para receber diferentes tipos de experimentos científicos.
O governo chinês agora quer que o público envie sugestões de nome para o projeto. A China costuma dar nomes poéticos a suas investidas espaciais. Suas sondas lunares, por exemplos, são batizadas de Chang'e em homenagem à deusa que representa o satélite.

MISSÃO LUNAR
O satélite, aliás, é um dos maiores alvos da investida espacial chinesa.
O país asiático espera fazer sua primeira viagem ao satélite da Terra em até dois anos. Uma missão tripulada também está programada para acontecer até 2025.
Os planos chineses também incluem o desenvolvimento de uma nave de carga, um passo importante para o transporte de suprimentos e equipamentos para sua futura estação espacial.
A nova nave deve pesar pouco menos de 13 toneladas, com um diâmetro máximo de 3,35 metros.

POLÍTICA
Para analistas, apesar do rápido crescimento, o programa espacial chinês é sobretudo uma questão política, voltado principalmente para mostrar o poder do Estado.

Com o "Guardian"

Nenhum comentário: